Vazamento no Golfo…Segue a Catástrofe

É difícil imaginar o problema real. Quando não temos toda a dimenssão, podemos achar que isso não é asim tão complicado. Vou apenas fazer uma pergunta: – E se o vazamento fosse em uma plataforma do Brasil? Quais seriam as cobranças? Quais seriam as implicações? Certamente, não gostaríamos de ver nossas praias cheias de óleo, muito menos com o cheiro nauseante! Mas, é no Golfo do México. Alguém poderia responder dizendo que não nos diz respeito. Diz sim! É parte do nosso ecosistema. As queimadas na Floresta Amazônica também são um problema, não só nosso, mas de toda a população desta terra! A persistirem as desventuras ora em questão, não demora muito, e poderá sobrar para o teu carro, para o meu creme de barbear! O petróleo é coisa séria! Veja abaixo o tamanho do CAOS no Golfo! É de se perguntar: – Onde estão as autoridades internacionais? Onde estão os órgãos de vigilância internacional do meio ambiente? Também não vemos muito das atividades sempre reportadas nos canais televisivos dos chamados ativistas internacionais. O que está acontecendo? Ou o governo americano é muito influente, ou os rapazes ativistas estão de olho na copa do mundo de futebol!


%d blogueiros gostam disto: