Visões…

Visões do inconstante,
Vibrações na mente,
Sigilo na alma,
Paz perene.

Vislumbra o poeta,
A dor do outro
Fica a distância,
Vivendo absorto
O sensível poeta,
Que se faz morto.

Entra o espírito,
Arrebata a fala
Vence idealismos,
Fala pureza da alma.

PAZ


%d blogueiros gostam disto: